Como a sexualidade está ligada à saúde mental?

A sexualidade é um ponto fundamental no desenvolvimento humano e está englobada em diversos aspectos na vida do indíviduo, representando muito mais do que a reprodução ou o próprio ato sexual, mas envolvendo os desejos, o autoconhecimento, o prazer, as relações de intimidade, as trocas afetivas, a autoestima e expressão corporal. A vivência da sexualidade é um direito do ser humano, e seu processo parte tanto de influências sociais e culturais, quanto de uma experiência particular e subjetiva, sendo um fator primordial na identidade e na autodescoberta de uma pessoa.

Dessa forma podemos compreender como a sexualidade está conectada á saúde mental e emocional, englobando tanto o bem-estar físico, quanto o psicológico e o sociocultural. Por meio de aspectos psicólogicos, como memória e sensações do corpo, o indivíduo se interessa pelo sexo e pelas diversas forma de expressão sexual, e quando os aspectos psicológicos e emocionais estão afetados, podemos ver uma interferência na vivência dessa sexualidade, podendo, a longo prazo, prejudicar o individuo em sua autoestima, em suas relações e na sua qualidade de vida.

É importante compreender, e buscar auxilio profissional se necessário, os aspectos que podem estar interferindo na vivência de uma sexualidade saudável, e perceber como essa vivência sexual também pode estar afetando a sua saúde mental.